Produtos para cuidar de sua pele durante a gestação

Produtos para cuidar de sua pele durante a gestação

Os produtos para pele são essenciais para manter os cuidados do corpo e rosto diariamente, trazendo beleza e saúde.

Por isso, os cuidados com a pele são muito importantes em todas as fases da vida. Em alguns períodos, este cuidado merece uma atenção especial, como é o caso da gravidez.

No período da gestação, as mulheres precisam ter um cuidado redobrado, pois o uso de alguns produtos e a realização de procedimentos de beleza podem prejudicar o bebê. 

Há dermocosméticos e cremes que ao serem aplicados na pele do corpo ou rosto podem ser absorvidos e chegarem ao ponto de circularem na corrente sanguínea, algo que pode criar problemas para a saúde do feto. 

No entanto, por esse mesmo motivo podem ser muito benéficos para a mãe e o bebê, além de hidratar e nutrir todo o corpo, como é o caso de vitaminas que podem ser ingeridas nessa fase.

Neste cenário, as futuras mamães podem ter dúvidas a respeito dos melhores ativos e produtos para se cuidar, se são seguros ou se oferecem riscos, bem como se suas rotinas poderão ser mantidas para o cuidado com o corpo e os pequenos, sejam elas Alpinista industrial nível 1, uma auxiliar de enfermagem ou uma advogada.

Isto posto, pesquisar informações e as melhores opções de cosméticos são formas de se cuidar nesse período importante e manter a formação adequada dos pequenos.

Alterações hormonais, estrias, manchas e mudanças na textura do cabelo e pele são muito comuns na gravidez, devido às mudanças hormonais e da rotina alimentar. Assim, ampliar os cuidados nesse período também se faz necessário.

Para estas e outras transformações, ter um profissional para orientar o que é ou não permitido usar para os cuidados é tão importante quanto uma vistoria técnica corpo de bombeiros, visto que ambos trazem informações sobre a saúde e segurança.

De modo geral, as primeiras orientações são quanto aos produtos que podem ser aplicados com segurança e que contribuem com a gestação.

Nesse sentido, as grávidas devem optar pelo uso de produtos livres de ácidos e parabenos, fórmulas que podem prejudicar o desenvolvimento do bebê. 

Opções que tenham uma composição orgânica, suave e com ingredientes naturais são os mais recomendados, inclusive para tratamentos de beleza.

Cosméticos e produtos com esta formulação natural não prejudicam a saúde da mulher e do seu bebê, são considerados agradáveis e deixam as pessoas mais seguras em relação ao que estão usando para os cuidados com a pele.

Ativos e fórmulas que devem ser evitadas durante a gestação

É muito importante se atentar às composições e fórmulas que devem ser evitadas durante o período gestacional, sendo que os principais componentes que demandam a atenção se separam em 4 categorias. São eles:

1. Ácidos

No universo da cosmética e dermatologia há vários tipos de ácidos que podem ser aplicados e ajudam nos cuidados com a pele, diminuindo manchas e ajudando na renovação celular.

Contudo, durante a gravidez, é importante evitar materiais como ácidos, seja retinóico, glicólico ou salicílico. 

Isso porque esses ácidos deixam a pele mais reativa, ou seja, com mais tendência a ter sensibilidade, além de aumentar a dilatação dos vasos, podendo atingir o feto.

2. Uréia

Este ativo é outro que não pode ser utilizado por gestantes, pois aumenta o poder de penetração de outras fórmulas e ativos na pele, algo que pode trazer risco para o bebê e para a mamãe.

3. Composições com álcool

Loções e perfumes com álcool na formulação podem irritar a pele da grávida, que tende a ficar mais sensibilizada. Procurar versões alternativas e mais naturais pode ajudar na substituição. 

Produtos com base nos ativos hidroquinona, adapaleno, tretinoína e isotretinoína também devem ser evitados por serem composições fortes para o período de gestação e afetarem gestante e bebê. 

Protetores solares que tenham metoxicinamato de octila, por exemplo, não são seguros para os cuidados com a pele.

Desse modo, é importante ressaltar que escolher produtos que não causam problemas é tão importante quanto a escolha de um Retrofit hoteleiro garantindo a integridade do corpo – no primeiro caso – e do espaço, no segundo.

Para auxiliar nesse processo de identificação, a consulta junto a profissionais de saúde é fundamental, seja dermatologistas ou mesmo o profissional que está auxiliando no pré-natal.

4. Pílulas de beleza

Suplementos vitamínicos que melhoram o aspecto de cabelos e unhas devem ser suspensos durante a gravidez, pois pode haver ingredientes que fazem mal a ele, principalmente quando não são vitaminas tradicionais/naturais e indicadas por profissionais.

Estar atento ao que não pode ser utilizado neste período é tão importante quanto escolher uma empresa de gerenciamento de obras SP, processo que exige muita atenção para conseguir eleger a melhor e evitar problemas.

Deste modo, pesquisar informações a respeito dos melhores cosméticos para pele, assim como as empresas de gerenciamento mais competentes, são formas de ter excelentes resultados em ambas as áreas: obras e cosméticos. 

Ou seja, adquirindo mais saúde e segurança, principalmente quando há bons profissionais envolvidos no processo.

Dicas de composições que ajudam nos cuidados com a pele

A indústria dos cosméticos tem crescido e investido no desenvolvimento de produtos específicos para gestantes, bem como mais naturais e saudáveis para todos os públicos, conciliando com outras causas que valorizam, como o cuidado com animais.

Com relação às gestantes, estes cosméticos são os mais indicados por ter formulações que não prejudicam a saúde da mamãe e do seu bebê. 

Ainda assim, é preciso ter cautela na realização de alguns procedimentos, sempre buscando fórmulas mais naturais e, sempre que necessário, aguardar o nascimento. 

Apesar disso, já existem ótimas opções para manter a hidratação e beleza da pele durante o período gestacional.

1. Cuidados com a hidratação

A pele da mulher grávida sofre muitas mudanças ao longo dos nove meses, com estiramento progressivo e constante, devido ao crescimento do bebê. 

A hidratação é muito importante para conseguir a elasticidade e ainda prevenir o aparecimento de estrias e para isso hidratantes podem ser aplicados, além da adequação alimentar, com o aumento do consumo de frutas e água.

O uso dos produtos demanda uma maior atenção às regiões dos flancos, glúteos, seios, coxas e barriga que merecem uma hidratação mais potente, justamente por conta das estrias e estiramento mais constante, sendo as mais afetadas.

Assim, a cautela com estas partes do corpo é essencial, mantendo a beleza e saúde da pele, atuando na proteção do corpo, do mesmo modo que uma Caixa térmica grande 100 litros.

Óleos e cremes hidratantes são os mais indicados para isso, e o ideal é que tenham em sua fórmula produtos mais naturais e que sejam comprovadamente benéficos. São opções:

  • Manteiga de karité;
  • Água termal;
  • Glicerina;
  • Óleo de amêndoas.

A água termal e o ácido hialurônico, por exemplo, são ativos que ajudam a fortalecer a barreira protetora da pele, algo seguro para as grávidas e, no caso do hialurônico, já presentes no organismo.

2. Tratamento anti-acne e anti-idade

Os cuidados com relação a acne, marcas de expressão e linhas ajudam a manter a pele do rosto com aspecto mais saudável, lisinha e mais viçosa, trazendo também uma sensação de jovialidade.

Isto posto, conversar com um dermatologista experiente para saber quais são os ativos apropriados para esta fase é importante e, de um modo geral, o mais indicado é parar o tratamento para a acne até o parto.

Na prática, o tratamento para a pele pode ser feito com cosméticos que tenham em sua composição os seguintes ativos: antioxidantes, vitaminas C e E, ácido hialurônico e o zinco, todos muito benéficos para a pele.

O grande segredo é apostar no uso de ativos com textura mais suave e que sejam agradáveis para a pele. Outro detalhe importante é evitar os ácidos que promovem a renovação celular.

3. Cuidados com o sol

Um grande terror em todas as fases da vida é o envelhecimento da pele causado pelo sol. Na gravidez este fator tem um agravante: o melasma.

O melasma consiste em uma substância que causa manchas escuras que podem surgir durante a gestação, principalmente no rosto. A principal maneira de evitar o surgimento das manchas é utilizando o protetor solar.

Este produto tem a função de proteger a pele contra o ressecamento, câncer de pele, fotoenvelhecimento e manchas.

O mercado de cosméticos cresceu muito nos últimos anos e atualmente oferece muitas opções, e dentre os protetores solares mais indicados no período da gravidez estão os filtros físicos, com fator de proteção acima de 50 fps e com amplo espectro.

Inclusive, cabe ressaltar que alguns materiais podem demandar cuidados específicos, principalmente quando manipulados, ou em produtos de cuidado com a pele mais delicados.

Nesses casos, pode ser interessante verificar com o profissional, no momento da indicação da receita, se há cuidados especiais necessários, pois é necessário ter o mesmo cuidado que temos quando escolhemos a melhor progressiva para cabelos crespos

Além disso, recorrer a outras técnicas para aumentar a proteção é algo muito importante para evitar as manchas. 

Utilizar barreiras físicas, por exemplo, pode ajudar a criar um escudo que bloqueia o sol. Isto posto, usar chapéus, bonés e óculos escuros são elementos que contribuem muito nos cuidados.

Em momentos na praia, usar estes recursos somados a um guarda-sol é um jeito de se proteger e proteger a criança.

Cuidados básicos com a pele

O cuidado básico feito diariamente com a pele do corpo e rosto é tão relevante quanto a administração feita em um gerenciador de estacionamento

Sendo assim, a mulher assim que descobre que está grávida, deve procurar um profissional da dermatologia com experiência para conversar sobre o assunto, junto ao obstetra para a realização do pré-natal.

Assim, os profissionais poderão avaliar a rotina e os produtos que são utilizados, podendo indicar algumas práticas e substituições importantes para evitar problemas de saúde para o bebê e a mamãe.

Isso porque durante a gestação, o corpo sofre várias mudanças e a pele não fica isenta disto. 

Portanto, o acompanhamento profissional é essencial para encontrar os produtos corretos para este momento tão importante na vida das mulheres, mantendo a rotina de beleza e cuidado com qualidade e prazer.

Um ponto positivo em ter o acompanhamento profissional dermatológico durante o pré-natal é a possibilidade de tirar dúvidas a respeito dos cosméticos.

Assim, há mais segurança nos cuidados com hidratação, proteção e tratamentos anti-acne e envelhecimento, promovendo mais tranquilidade e bem-estar à gestante e garantindo a saúde do feto.

Para isso, alguns dos produtos mais utilizados durante a gravidez e no pós-parto são:

  • Óleos e hidratantes específicos para gestantes;
  • Cremes protetores para os seios, inclusive para uso durante a amamentação;
  • Loções para aliviar tensão/peso em pés e pernas;
  • Creme para estrias;
  • Loção firmadora para pós-parto.

Estes são exemplos dos mais utilizados, mas dependendo da rotina de cuidado e indicação do dermatologista, pode haver substituições e mudanças.

Pesquisar os valores e estabelecimentos que vendem estes produtos é essencial também é crucial para garantir um bom custo-benefício, assim como é necessário avaliar os melhores preços de câmara fria sob medida para comércios e empresas.

Portanto, ter ajuda de profissionais para orientar a respeito dos melhores produtos para serem utilizados durante a gestação é o modo de se sentir segura durante a gravidez, evitar riscos e se cuidar em todo o período, algo que deixa as mulheres mais felizes.

Considerações finais

Curtiu nosso artigo sobre produtos para cuidar da sua pele durante a gestação? Se você gostou do nosso conteúdo, compartilhe ele em suas redes sociais. Blog Fernanda Freitas Makeup. Siga nossa página no Facebook e nosso perfil no Instagram.

Deixe um comentário